Durante o Google Marketing Next, encontro em que a companhia divulga suas inovações para o mercado, o Google apresentou suas mais novas apostas em relação ao YouTube e ao machine learning.

A grande novidade foi em relação ao YouTube. Em pouco tempo, o YouTube exibirá ofertas de marcas, mostrará lojas nos arredores e produtos em estoque de acordo com os vídeos e anúncios visualizados, assim como acontece com a ferramenta de busca do Google e em anúncios formato display. Além disso, um novo mecanismo de mensuração de visitas em pontos de venda também será disponibilizado: os anunciantes poderão monitorar as vendas nas lojas físicas geradas a partir de anúncios digitais, com base em tecnologias de machine learning e geolocalização. Acredita?

Por meio de parcerias terceirizadas e informações de programas de fidelidade, as marcas/empresas poderão ainda importar dados de transações em lojas para o AdWords. O Google também terá sua própria base de informações sobre transações: de acordo com a companhia, será possível capturar até 70% das informações de cartões de crédito e débito nos Estados Unidos, por exemplo.

Outra novidade lançada durante o evento foi referente ao machine learning, uma ferramenta que gere recursos e direciona ações. O Google Attribution promete medir o impacto do marketing digital em diferentes canais e dispositivos. A ferramenta é gratuita e integra os dados do Google Analytics, Google AdWords e DoubleClick Search.

Os resultados do Google Attribution são enviados automaticamente para a elaboração de relatórios, atualização de propostas ou ajuste do orçamento nos diferentes canais. A ferramenta disponibiliza ainda a versão Attribution 360º, destinada a empresas e anunciantes com demandas maiores e que precisem, por exemplo, cruzar os dados obtidos com outras fontes. Nesta versão, é possível trazer base de dados externas ao Google para medir a efetividade dos anúncios online.

De acordo com o vice-presidente de anúncios do Google, Sridhar Ramaswamy, quando se fala em marketing digital, é importante levar em consideração todo o processo de compra das pessoas. “As pessoas não simplesmente clicam em um anúncio e compram um produto. Elas buscam anúncios, perguntam para amigos e pesquisam três ou quatro lugares diferentes antes de efetivamente escolherem um produto”.

Com o lançamento desses novos produtos, o Google quer dar mais recursos para que as marcas e empresas compreendam as intenções de seus consumidores. Assim, é possível descobrir se seus anúncios estão funcionando e tomar decisões baseadas nessas informações, o que garante sucesso no marketing digital.

Todas essas mudanças farão com que o marketing digital seja muito mais preciso e eficaz. Quer saber mais sobre as inúmeras possibilidades do marketing digital? Acompanhe nosso blog ou entre em contato com a BPM Comunicação.

 

Fonte: Meio e Mensagem

Comentários

comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *